notícias

“Projeto Bibliotecas – Leitura para Todos” está de volta na região de Bauru

A Escola Municipal de Educação Infantil Iracema Leite e Silva, na cidade de Borebi, região de Bauru, foi a escolhida para receber a 24ª instalação de uma biblioteca do Projeto Bibliotecas – Leitura para Todos, promovido pela ABIGRAF-SP e pelo SINDIGRAF- SP desde 2005.

Há tempos que a sala de leitura é o palco de grande parte das atividades culturais da cidade, como encontros e saraus literários, teatro e gravação de programas de rádio. Revitalizado através do Projeto Bibliotecas, o acervo da sala de leitura, que será batizada como “Biblioteca Ary Leite de Campos”, passa a contar com 900 novos títulos e um computador com software de gestão. O homenageado, Ary Leite de Campos, foi figura importante na história da cidade de Borebi e ficou conhecido por sua generosidade. Farmacêutico numa época em que Borebi não tinha nenhum médico, Ary Leite de Campos tratava a todos na cidade e não cobrava nada dos mais necessitados. 

Os 900 títulos da nova biblioteca foram doados pelo Grupo Editorial Scortecci (200), pela Editora Canal 6 (100) e pelo SINDIGRAF SP (600), que também doou o computador. João Scortecci, diretor Editorial da ABIGRAF-SP, contribui com o Projeto Bibliotecas – Leitura para Todos desde o início e afirma que faz questão de doar livros de seus estoques sempre que pode “Um livro na mão de uma pessoa pode causar uma grande transformação em sua vida e sempre para melhor. Acredito que incentivar a criação de bibliotecas onde haja pouco acesso à leitura é dar condições de desenvolvimento cultural e social para comunidades inteiras”. Carlos Fendel, diretor da Editora Canal 6, diz que o Projeto Bibliotecas é um complemento do “Semeando Autores”, projeto da editora que criou um selo editorial para incentivar a leitura e auxiliar no desenvolvimento da linguagem de crianças de 5 a 12 anos de idade. “O nosso projeto faz com que as crianças tenham a experiência de produzirem suas próprias obras, tonando-se autores e o Projeto Bibliotecas vai disseminar essa produção para outros jovens, criando-se assim um ciclo virtuoso de educação, cultura e estímulo à leitura”. 

Ricardo Carrijo, diretor de Interiorização da ABIGRAF-SP, é um dos grandes entusiastas do Projeto Bibliotecas. Ele conta que nem com a crise econômica o projeto foi deixado de lado. “Ter uma biblioteca onde existe pouco acesso à cultura e informação faz muita diferença na vida das pessoas, principalmente dos mais jovens. Além do lado social, o Projeto Bibliotecas também é uma ferramenta que nós, da ABIGRAF e do SINDIGRAF de São Paulo temos para valorizar o livro e a leitura”. 

Durante a cerimônia de reinauguração da nova biblioteca será homenageado o poeta Felício Antônio Pisani Filho (in memoriam). Filho de Borebi e pai de 14 filhos, o fazendeiro era um amante da literatura e criou, dentro da própria fazenda, uma escola para que os filhos dos colonos e seus próprios filhos pudessem estudar. Pisani Filho participou das Noites Cancioneiras realizadas em Agudos, juntamente com outros poetas da região de Bauru. Ficou conhecido como o “Poeta do Sertão” e em seus versos contou a história de sua gente e sua terra. Seus poemas mais aclamados foram “Eu e o Beija-Flor”, “A Chimbica do João” e “Os Truqueiros de Borebi”. Pisani Filho nunca publicou um livro, mas seus poemas, originalmente publicados em jornais da região, foram compilados em apostila que fará parte do acervo da nova biblioteca de Borebi. 

Na cerimônia também será entregue o Prêmio Melhor Leitor Mirim, destinado às 3 crianças que mais leram livros emprestados da última biblioteca inaugurada ou revitalizada pela seccional Bauru da ABIGRAF-SP, na cidade de Macatuba. As crianças serão premiadas com uma bicicleta para o 1º lugar e jogos educativos para o 2º e 3º lugares.